Repertório de actividades da área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona (Lisboa)

.posts recentes

. Lançamento do livro "Uma ...

. ...

. Visita à Sinagoga Sharé T...

. NOVO ANO LECTIVO - NOVAS ...

. Apresentação do livro de ...

. Seminário Aberto com o Pr...

. Dissertação de Paulo Mend...

. Encontro “Diversidade Cul...

. Globalização e Ayahuasca,...

. Do Caos à Ordem: Mitologi...

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Breves reflexões islâmicas

Caros amigos, Professores e Alunos,

 

Continuando o esforço por abrir os nossos horizontes, a partir de hoje passaremos a ter no Teo-Logizar a colaboração regular do Dr. Abdul Rehman Mangá, Presidente do Centro Cultural Islâmico do Porto, publicando as suas reflexões semanais.

 

Abdul Rehman Mangá é natural de Moçambique. Os seus pais, de origem indiana, emigraram muito cedo para antiga colónia portuguesa de Damão. Neste novo país de acolhimento, os progenitores cresceram, trabalharam e casaram. Enquanto que os irmãos realizaram os seus estudos na Índia, o actual presidente do centro islâmico permaneceu em Moçambique, onde se formou em Contabilidade. Antes de emigrar para Portugal, Abdul foi durante algum tempo director nacional do Ministério da Indústria. Em 1982, o muçulmano vem para Portugal com a família. É casado e tem dois filhos. A nível profissional, o presidente é director administrativo de um grande grupo económico. Já a sua esposa não está empregada, porque teve dificuldades em arranjar trabalho e optou, mais tarde, por ficar a tomar conta dos filhos. Abdul Mangá garante que está perfeitamente inserido na sociedade portuguesa, em especial na portuense. Afirma que tem amigos de diversas raças e religiões. Há 4 anos, Abdul Mangá assumiu os destinos do Centro Cultural Islâmico do Porto.

 

Aproveito para propor a leitura da seguinte entrevista:

 

http://www.oi.acidi.gov.pt/modules.php?name=News&file=article&sid=274

publicado por Re-ligare às 13:30
link do post | comentar | favorito

..

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds